Cinco dicas para você harmonizar vinho e queijo aí na sua casa

Cinco dicas para você harmonizar vinho e queijo aí na sua casa
Vinho e queijo. Quer harmonização mais clássica e deliciosa do que essa? A combinação funciona como entrada para o jantar, pode ser a estrela de uma noite entre amigos ou o motivo para um piquenique a dois. Como regra geral, busque o equilíbrio.🍷

1 - Quando quiser servir vários queijos e um único vinho, opte pelos semiduros (gruyerè, gouda, prato). Eles são coringas e funcionam com diversos vinhos, embora fiquem melhores com os tintos leves (Pinot Noir, Gamay, Garnacha) e brancos cremosos (Chardonnay).

2 – Se sua ideia é abrir vários vinhos, opte por um queijo duro (parmesão e grana padano), que terá gordura o suficiente para equilibrar os taninos dos tintos e certa delicadeza para complementar brancos delicados.

3 - Casar vinhos e queijos regionais funciona muito bem. Ou seja, vinho francês vai bem com queijo francês (Sauvignon Blanc harmoniza com queijo de cabra, ambos do Vale do Loire), vinho italiano harmoniza com queijo italiano (Montepulciano + parmesão) e vinho nacional com queijo nacional, caso do nosso Sauvignon Blanc com o Serra da Canastra.

4 - Espumantes, especialmente os brut, ficam incríveis com queijos macios, a exemplo do Brie. Graças à acidez e ao gás, os espumantes causam efeito de limpeza quando consumido com queijos mais cremosos.🍾

5 - Os queijos azuis (roquefort, gorgonzola) são ótimos nas harmonizações por contraste. Equilibre o sal e a intensidade do queijo com o dulçor dos vinhos fortificados (Porto) e dos vinhos de sobremesa (Sauternes ou colheita tardia).

Por Cleisi Soares, jornalista, WSET 1 e 2

Pesquise no nosso site

Carrinho

Seu carrinho está vazio no momento.

Para visitar o site da Vinícola Thera, você deve ter idade suficiente para o consumo legal de álcool em seu país. Se não houver limite de idade em seus país, você deve ter mais de 21 anos.

Você é maior de 18 anos?

Não