Como escolher um bom espumante em quatro passos

Se você é fã de espumantes, mas tem dificuldade em eleger uma boa garrafa, fique atento a quatro aspectos importantes antes da próxima compra.

1 - Identifique o estilo
Já sabe que estilo de espumante agrada mais ao seu paladar? Não, então aí vai. Dentro da categoria de vinhos espumantes, existem diferentes estilos, incluindo Champanhe, Cava, Prosecco e espumantes nacionais. Eles têm características muito distintas.

O Champanhe geralmente é mais untuoso e com aromas que lembram pães, brioches. Cava é da Espanha e tem aromas mais cítricos e uma boa acidez. Prosecco é produzido na Itália e tem aromas mais suaves e mais dulçor. Já os espumantes brasileiros são feitos por diferentes métodos e em variados estilos e, até o momento, são os nosso vinhos com maior reconhecimento internacional.

2 - Escolha o método de produção 
Embora existam outros métodos, a maioria dos espumantes que conhecemos é feito método tradicional ou pelo metódo Charmat. Essa informação aparece no rótulo ou ficha técnica do vinho e confere características muitos diferentes aos vinhos.

Espumantes feitos pelo método Charmat passam pela segunda fermentação, a que dá origem às borbulhas, dentro do tanque de inox. São espumantes mais leves e frescos.

Os feitos pelo método tradicional, ou champenoise como é chamado na França, passam pela segunda fermentação em garrafa. Eles têm características mais untuosas e até uma certa crocância. Os espumantes que elaboramos aqui são feitos por este método, tanto os da linha Auguri quanto o da linha Anima.

3 - Identifique o nível de dulçor
Existem espumantes para todos os paladares. Dos bem docinhos até os nature, com quase nada de açúcar residual. No Brasil, a definição é a seguinte:

* Nature – até 3g açúcar por litro
* Extra-Brut – 3 a 8 g/l
* Brut - >8 até 15g/l
* Sec ou Seco - >15 até 20 g/l
* Demi-Sec, Meio-Seco ou Meio-Doce - >20 até 60g/l
* Doce – acima de 60g/l

4 - Tempo de autólise
Quanto mais tempo o espumante permanecer em contato com as borras (leveduras) durante o processo de elaboração, mais complexos serão os aromas e sabores. Alguns espumantes trazem esta informação no rótulo ou contrarrótulo. Se quiser um espumante mais fresco e leve, prefira os com menos tempo.

No começo, pensar em todos esses aspectos pode ser difícil, mas pouco a pouco  facilita a escolha na hora da compra e aprimora os seu momentos de brinde e degustação. Se não der pra pensar em cada um destes fatores, escolha um e invista nele. E vá aumentando a cada compra.

Por Cleisi Soares, jornalista

Pesquise no nosso site

Carrinho

Seu carrinho está vazio no momento.

Para visitar o site da Vinícola Thera, você deve ter idade suficiente para o consumo legal de álcool em seu país. Se não houver limite de idade em seus país, você deve ter mais de 21 anos.

Você é maior de 18 anos?

Não